quarta-feira, 20 de junho de 2018

sou só eu?

que enfio a cabeça na areia e não consigo ouvir sons, ver vídeos, ver fotografias de crianças separadas e a berrarem pelos pais?
mesmo sabendo que as coisas não deixam de acontecer só porque eu não as vejo ou não as ouço.
mesmo querendo fazer parte de toda e qualquer manifestação que apareça por aqui.
não consigo.
é mau de mais!
sou só eu?
que olho para os meus filhos e fico com o coração na mão a pensar no mundo estúpido que lhes estou a deixar?
sou só eu?...

terça-feira, 15 de maio de 2018

#portowhatatown (oh mãe #magui)

- mamã, não estamos na cidade?
- sim, estamos, porquê?
- é que ali diz cidade.
- sim, diz "parque da cidade"
- ah! sempre achei que dizia "Porto, que cidade!"

quarta-feira, 9 de maio de 2018

das conversas no carro

- mamã, sabes como é o quarenta e um?
- não, mi, como é?
- um xero, um quatro e um um.
- boa! como sabes? [será que me pegou ou descobrimos de onde vem o "como sabes?"]
- xabendo! eu xei!
- muito bem! e o cinquenta e um?
- como é o xinquenta? [carais, puto esperto!]
- é um cinco e um zero.
- ah! xero, um, xinco.  [ordem não está perfeitamente correta, mas para já, serve!]
- boa! e o cinquenta e três?
- xinco três! [este acertou!]
- e o setenta e três?
- xete três!

O meu trabalho está feito! ;)

- e mais, mamã? pergunta mais!

menor que três menor que três menor que três!


terça-feira, 8 de maio de 2018

às avós

(isto aplica-se a qualquer outra pessoa que nos é querida!)
deviam ser eternas.

já não me atrevo a arredondar

7 e meio dá 8!
7 e meio dá 8!
7 e meio dá 8!
aquela história do tempo passar a correr sente-se mais nestes dias.
que já tenho uma menina crescida em casa, cada vez mais crescida e grande, cada vez com mais piada e a fazer cada vez mais companhia, já não é novidade há muito tempo.
mas acho que não quero que o tempo pare, porque sei que te vais tornar um ser humano crescido especial, num daqueles seres humanos que mudam o mundo. os teus olhos são prova disso.
7 e meio dá 8!
7 e meio dá 8!
7 e meio dá 8!
parabéns meu amor querido!

quinta-feira, 26 de abril de 2018

vim agora ser chata para aqui...





porque do outro lado já ninguém me atura, acho!

preciso de voltar à festa, sim?

foi tão bom!

limpeza de alma

as pessoas criam situações....

e há pessoas que criam obras primas e as partilham! ;) o foco é nesses!

sexta-feira, 2 de março de 2018