quarta-feira, 19 de julho de 2017

oh mãe (#mi)

- o que estão a fazer aqueles xenhores, mamã? com um pau?
- a pescar, mi.
- pescar?
- sim, a apanhar um peixe.
- e tu, mamã, não pescas?
- não, filhote.
-ahhhh. é nas compras, sim? ..... e a carne, mamã? também se pesca?
-.... .... .... ( como vou eu explicar isto?) sim, mas é diferente, é na terra que se pesca.
-ahhhh

segunda-feira, 17 de julho de 2017

dos dias em que te sentes adulta

e responsável pelos teus filhos.
ontem tivemos festa bernarda, confusa e cheia de gente, barulhenta e vivida. daquelas festas de família unida e que partilha a vida.
festa bernarda feita no sítio onde os bernardos nasceram e cresceram.
no fim do dia, toca de vir para o porto.
e há incêndios que vês e quase cheiras.
e a estrada nova está cortada.
e parece que também não podes ir pela alternativa porque também está cortada. e o incêndio ali ao pé.
e havia 2 carros para trazer. e bem sabes que o teu é lindo mas anda pouco.
e pegas em água, e em comida, e levas tu o carro forte, com os dois miúdos lá dentro, e és tu que sabes o caminho, e a pipoca está assustada e tu em pânico "controlado"...
e tomas conta da situação.
e és adulta! (que te lixas!)

quarta-feira, 5 de julho de 2017

hoje foi um daqueles dias...

daqueles em que estás estourada... com tantos dias de trabalho como os que faltam para o fim de semana.
daqueles em que precisaste de tomar conta da tua gente (e que parece que não o suficientemente bem!) e que vá, se alguém também tomasse conta de ti também era giro! (mas tu és feliz a ter de tomar conta de gente)
daqueles em que o papá vai jantar com amigos e tu tens de ir buscar os dois ao infantário e às atividades e sei lá muito bem mais onde (e nem podes ligar o taxímetro!)
(mas a culpa é tua que escolheste um carro verde)
um dia daqueles...
e chegas a casa e não tens luz!
simplesmente não tens luz!
(parece que a edp tem de olhar para o contador pelo menos de 9 em 9 meses, não vá o bicho fugir!)
e estás a ficar sem bateria no telemóvel...
e ainda tens de ligar a tua mãe para ficar com os miúdos. e tens de voltar a ligar ao papá para acertar coisas. e os senhores da edp podem voltar a ligar, e ainda estás ao telefone com o senhor teu companheiro (que nesta história também é chamado de papá!)
e então, muito preocupado, diz-te o senhor teu companheiro do lado de lá do telefone: olha que precisas de bateria. põe o telefone a carregar!
...
...
está bem! vouu então bater com uma pedrinha noutra para ver se faço eletricidade!
espera, não tenho pedras em casa!

e é isto, minha gente. e é isto uma quarta feira!